domingo, 20 de novembro de 2016

PERDI-ME NA NOITE

Perdi-me na noite
Em sonhos de ilusão
O frio lá fora é um açoite
 Minha lágrima rola em vão!

Olhando mas não vendo
Mergulho na dor, do desamor,
Minha alma sofre não entende  
Esta ilusão do sonho de amor!

Amor que algures acreditei
Inocente eu amei com paixão,
 Triste de mim já nada sei
Se este amor foi só uma ilusão,

De mim já nada mais resta
A não ser a amarga solidão, 
O vento sopra entra pela fresta 
Me aconchego à dor do coração!

Desejo a todos uma 
Abençoada semana.


Sem comentários: