06/07/16

POEMA DA VIDA


A vida é uma poesia inacabada,
Das frases escritas em cada dia,
Desde o sonho à realidade,
Da esperança que acabou em magia,
Deixa a poesia não rimada!

A descoberta de que nada pode,
A poesia escreve-se e ajuda a superar
Sonhos perdidos, neblinas e quimeras,
Se se escrevem e não dão para rimar...
Houve pouco brilho nas suas Primaveras!


Neste poema que é a vida 
Há uma procura incessante,
Do real ao virtual,
Passa despercebido do sonho à realidade,
Do ser no ser, no passado do futuro e no presente,
Ou do momento actual!

O sentido da vida em poesia
É escrevê-la com fé e esperança,
Que haverá muitos sorrisos para dar 
Que o que foi bom voltará à lembrança,
E a poesia da vida irá rimar!

Paz e Bem.

Sem comentários: