quinta-feira, 22 de outubro de 2015

MEUS OLHOS DOLORIDOS




Meus olhos doloridos torturados,
Das lágrimas choradas de mansinho,
Neste mundo de dor estão cansados,
As pálpebras serrai devagarinho!

Olhos desiludidos e magoados,
Por tantos acidentes do caminho,
Por tantos sonhos não realizados,
As pálpebras cerrai devagarinho!

Olhos que foram sol a iluminar-me,
E me fizeram tanta vez embriagar-me
Com a visão do Belo - chama a arder!

Porque são hoje folhas carcomidas,
Pétalas murchas, amarelecidas,
Que a vida desfolhou sem eu querer?

Josélia Micael

1 comentário:

Toninho disse...

A vida as vezes nos reserva estas dores, desamores.
Vamos viver este intervalo bem com o amor na frente.
Bonito e triste sineto amiga;
Meu abraço com carinho
Bju de paz amiga.

Enviar um comentário

Muito obrigado a todos os amigos...que aqui vão deixando as suas belas palavras, com tanto amor e carinho!