domingo, 18 de outubro de 2015

CONTEMPLAÇÃO

Contemplo na vida.
Natureza, 
Sonho da infância,
No tempo perdida...
A longa distância,
Mas não esquecida!

Contemplo sonhos,
Perfumes, visões,
O toque...!
O sabor gostoso,
Dos nossos corações!

Memórias em mim ,
Se tornam vivas...
Num jeito de olhar 
Que escuta atento,
Tudo o que senti,
Tudo o que vivi...
Todo o meu lamento!

E cumprindo a hora,
Nu como nasci...!
Sem nada meu,
Me entrego no abraço
do meu (Deus...)

Paz e Bem.

Josélia Micael

1 comentário:

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida Joselia
Me lembrei de Jó... Voltamos ao pó diante de Deus a cada dia e no fim dos tempos pra nós...
Lindo poema!
Bjm fraterno

Enviar um comentário

Muito obrigado a todos os amigos...que aqui vão deixando as suas belas palavras, com tanto amor e carinho!