27/09/15

A NOITE

Escureceu.
A noite chega cobre-se com seu manto
Tricotado de estrelas cintilantes e luar,
Abriu as mãos derramando seu encanto.
Deixa a natureza eterna, a palpitar!

Musica de harpa maravilhoso canto,
No céu lindas quimeras a bailar,
Na terra ardente tanto sonho, tanto
A noite voluptuosa  a  suscitar!

A noite enluarada em sua tenda
Recolhe o amor, diz-nos a lenda.
Por isso o amor a ela anda ligado!

Noites quentes de amor de embriaguez,
Perfume estonteante que talvez...
Seja feito de essência de rosas e pecado!

Paz e Bem.*

Josélia Micael

1 comentário:

Gracita disse...

Que lindo poema de amor
Um sentimento mágico que nos envolve e o teu lirismo ficou soberbo nesta magnífica composição poética.
Uma boa semana queria
Beijos