01/02/15

VIDA DE EMOÇÕES



Sinto uma lágrima rolar,
No meu rosto com emoção...
Sufoco a vontade de gritar,
Sinto acelerar meu coração!

Meu grito vai com o vento,

Mesmo que grite à vontade...
Meu eco se perde no tempo,
Saindo da minha saudade!

Se eu gritasse de alegria,

Era como a flor a abrir...
Que enquanto abre tem vida,
Só depois suas pétalas vão cair!

Quando sinto desejo de gritar,

Meus braços são asas voando...
Para o pouco da vida agarrar,
Do tempo que vai passando!

Meus desabafos!


Josélia Micael

4 comentários:

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida Josélia
Desabafos assim são incríveis pois nos fazem recordar que todos sofremos por algo ou por alguém... ainda bem que Deus nos pega no Colo...
Feliz Fevereiro!!!
Bjm fraterno

Gracita disse...

Querida Josélia
Quantas vezes eu senti vontade de gritar... gritar como uma louca desvairada só para extravasar a dor. Mas de nada adiantaria. Então o melhor a fazer é visitar as amigas amadas como você e deixar a emoção inundar o peito com os lindos versos do teu maravilhoso poema
Uma semana linda e abençoada minha querida amiga
Beijos com carinho e meu amor fraternal

Élys disse...

Desabafar quando necessário faz muito bem, principalmente em forma de linda poesia.
Beijos,
Élys.

Toninho disse...

Às vezes um grito é a nossa libertação.
O grito que acelera as emoções e acende nossa estima.
Tristeza sabe acomodar em nosso ser e faz morada.
E os versos caem belamente no colo da poetisa.

Abraços com carinho.