03/02/15

SEREIAS NO ALTO MAR

No meio do alto mar,
As sereias vão cantando...
De cor prateada pelo luar
E nas ondas vão bailando!

Na areia da cor do ouro,
Elas vêem descansar...
Brilham como um tesouro,
No meio do alto mar!

Brilham em seu explendor,

Do luar que as vai embalando...
À procura de um amor,
As sereias vão cantando!

São de uma rara beleza,

Que lindo é o seu cantar...
Elas cantam sem tristeza
De cor prateada pelo luar!

Seu canto em suavidade,

Que vai no vento deslizando...
No mar vivem em liberdade,
E nas ondas vão bailando!

Paz e Bem, meus amigos.

Tenham uma feliz semana!
Beijos com carinho.

Josélia Micael

3 comentários:

Edumanes disse...

Sereias em alto mar!
por ser esse o seu desejo
nas parias do Alentejo as vejo
na areia o seu corpo a bronzear.

Porque posso olho para elas,
no campo as vejo floridas
na verde paisagem, flores amarelas
na primavera,borboletas bonitas
poisadas nas suas pétalas!

Lindo poema o seu amiga,
gostei de o ler pode acreditar
com saudades uma lágrima caída
na terra perdida lá ficar!

Desejo-lhe amiga Josélia Micael, uma boa tarde, um abraço,
Eduardo.

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida Josélia
Cantar com suavidade enternece a alma da gente...
Bjm fraternal

Toninho disse...

Na beira do mar proliferam os encantos.
As sereias cantam para os navegantes
Alguns mais sensíveis traduzem o canto
Em versos perfeitos para os amantes.

Uma bela construção amiga neste mar cheio de mistérios.
Bom ler voce.
Carinhoso abraço.