10/07/14

NÃO SOU POETA A VALER

Não sou poeta a valer
Mas gosto de me expressar
E aqui no papel deixar
Tudo o que me faz sofrer!

É aqui que eu desabafo
Se o meu coração doer
Deixo um lamento se passo
Não sou poeta a valer!

Se a nostalgia me invade
Não tenho com quem falar
Sinto na mesma a saudade
Mas gosto de me expressar!

Vivo só com a tristeza
Sem vontade de caminhar
Vou procurar a beleza
E aqui no papel deixar!

Preciso de uma magia
Que me faça renascer
Se pudesse  esqueceria
Tudo o que me faz sofrer!

Desabafos.

Josélia Micael

Sem comentários: