sexta-feira, 20 de junho de 2014

O TEMPO CORRE VELOZ

Passam os dias correndo velozes
No tempo, sem tempo para nós olhar
Correm como loucos e ferozes
Para no tempo, jamais voltar!

Se brandos fossem os seus passos
Mais calmos e nunca enfurecidos
Cada um distribuía afagos e abraços
Seriam dias calmos, e bem vividos!

Passas à minha porta sem parar
Eu temo que de mim te esqueças,
Oh' tempo vem-me visitar
Vem antes que te desvaneças!

Há muito que eu ando a tentar
Dizer adeus à saudade
Oh' tempo vem  me ajudar
Liberta-me desta ansiedade!

Se bateres à minha porta
Podes entrar eu te convido,
Serás meu hóspede não me importa,
Que de mim te tenhas esquecido!

Sempre me ajusto às tuas intenções
Sei que é feliz quem te ama sem pavor 
Tempo' és vida de alegria, e ingratidão
Mas só tu libertas o maravilhoso amor, 
Na sua grande e total imensidão!

Josélia Micael

2 comentários:

✿ chica disse...

Que linda poesia e tão cheia de verdade! O tempo voooooooooa mesmo!!! Adorei te ler! beijos,chica e que tenhas um lindo domingo!

Josélia Micael disse...

Muito obrigada pelo seu comentário!
Também adoro ler seus potes, há muito tempo que sou vossa fã!
Beijinhos, Josélia...! Volte sempre !!!!!

Enviar um comentário

Muito obrigado a todos os amigos...que aqui vão deixando as suas belas palavras, com tanto amor e carinho!