31/05/14

VIVER COMO O VENTO


Se eu vivesse como o vento
Andando sem ter lugar
Corria a todo o momento
Ou em terra ou pelo mar.

Sem rumo podia partir
Só com o meu desalento
Não tinha que decidir
Se eu vivesse como o vento.

Seu sussurro me chamaria
Anda vem me acompanhar
E com ele eu viveria
Andando sem ter lugar.

Nas horas de ventania
Ia deixando um lamento
E para seus braços viria
Correndo a todo o momento.

Deixa-me nas ondas rolando
Ou na praia me vem deitar
E ficaria ali sonhando
Ou em terra ou pelo mar.

Josélia Micael

Publicação em destaque

SUSSURRO AO TEU OUVIDO

Sobre o teu ombro Sussurro Ao teu ouvido Palavras Expressões Declarações Em procura Incessante por encontrar Forma ...