16/05/14

FARRAPOS DE VIDA

Quão bom seria voar em liberdade
Bem lá no alto do céu,
saboreando a vida com intensidade 
esquecendo por algum tempo, 
quem sou eu!.


Voando no tempo sem parar
subir ao firmamento sem rota definida.
Dar-me um tempo para desanuviar...
dos momentos menos bons da minha vida!.


Com o brilho das estrelas cintilantes 
pegava meus farrapos de vida perdidos
e com  fios dos meus pensamentos,
costurava os mais rasgados sentidos,
trazia-os intactos na minha descida
para recordar, como bons momentos!


Nossa vida é uma teia
Muito difícil de tecer
por vezes tece-se em sonhos
depois de muito viver!



Paz e Bem *

Josélia Micael

Sem comentários: